img-feed img-feed-email

RECADASTRAMENTO - DE NOVO

A Justiça Eleitoral começa a instalar na próxima quarta-feira, dia 3, os equipamentos para o recadastramento dos eleitores de Búzios. Serão disponibilizados, numa tenda montada ao lado do Fórum, 25 kits com computador portátil, câmera digital, scanner e um mini-estúdio fotográfico. A estimativa é de que o cadastro de cada eleitor demore cerca de 10 minutos. De acordo com informações da Justiça Eleitoral, o sistema biométrico que será usado nas urnas eletrônicas, vai reconhecer as impressões digitais dos eleitores.

Isso porque a urna biométrica vai informatizar um procedimento operacional, já que a liberação das urnas não será mais feita pelos mesários, e sim pela leitura das impressões digitais do próprio eleitor.

Búzios será a primeira cidade do Estado do Rio de Janeiro a implantar o novo sistema. A nova tecnologia já será utilizada no município, em 2010, quando os eleitores voltarão às urnas para a escolha de presidente e deputados.

Para recadastrar os 22 mil eleitores do município, com o apoio da Prefeitura, a Justiça Eleitoral, instalou uma tenda de 850 m2, onde todos os trabalhos serão realizados. A secretaria municipal de Serviços Públicos fez a terraplanagem do terreno para a instalação da tenda. A Prefeitura também vai instalar banheiros químicos e vai disponibilizar uma ambulância, além de guardas municipais, para garantir a segurança no local.

A determinação do Prefeito Mirinho Braga é fornecer toda a infra-estrutura necessária para a realização do recadastramento. É um fato inédito. Por meio deste sistema, Búzios não terá apenas a votação mais informatizada do Estado, como também a mais segura, já que não haverá dúvidas quanto à identidade de cada eleitor, disse o chefe de Gabinete Carlinhos Gonçalves.

O objetivo do recadastramento biométrico é excluir a possibilidade de uma pessoa votar por outra, tornando inviável a fraude ao procedimento de votação. O recadastramento dos eleitores será feito entre os dias 15 de junho e 15 de julho. Cento e oitenta pessoas estarão envolvidas diretamente no trabalho. Serão funcionários dos cartórios eleitorais da região que trabalharão em sistema de rodízio. Com a implantação da identificação biométrica do eleitor, a Justiça Eleitoral pretende levar o Brasil à vanguarda tecnológica dos processos eleitorais em todo o mundo. O projeto piloto no estado do Rio de Janeiro, já foi implantado em três municípios, sendo um na Região Norte (Colorado do Oeste – RO), outro no Centro-Oeste (Fátima do Sul – MS) e, o último, na Região Sul (São João Batista – SC). A expectativa é a de que, em dez anos, todos os estados do País tenham urnas com leitores biométricos. Assim, a Justiça Eleitoral brasileira dá mais um grande passo rumo à consolidação dos direitos do cidadão.

Fonte: Comunica Búzios

Até aí tudo bem, mas tem de ser fora do cartorio eleitoral? Tem de se gastar esse dinheiro todo para montar uma estrutura caríssima quando isso poderia simplesmente ser feito no próprio cartório?
Francamente, mudanças para melhor é legal, mas utilizar dinheiro público para cada um tirar a sua comissão é que é foda!

/
 
▲ TOPO ▲
© 2009 | Anjo Vadio em Búzios | Modificado por Marcia Bispo