img-feed img-feed-email

CAMINHO DAS AGUAS E INUNDAÇAO

Quando chove, acontecem duas coisas: a água da chuva corre em sentido de descida, buscando e alimentando diretamente os rios, e a infiltração no solo, alimentando os lençóis subterrâneos. A água dos rios tem como destino final os mares e, assim, fechando esse ciclo chamado de Caminho das Águas. Sendo necessário a administração local estar atenta para estudos de impacto ambiental quando do interesse de ocupação do solo, para que assim não existam futuramente problemas com grandes inundações.
Porém quando estamos em áreas urbanas, ainda mais numa cidade como Búzios, o meio para se evitar grandes transtornos por ocasião de uma inundação é RESPEITAR A LEI DE USO DO SOLO e o CAMINHO DAS ÀGUAS, limitando a ocupação de ÀREAS INUNDÁVEIS a usos que não impeçam o armazenamento natural da água pelo solo e que sofram pequenos danos em caso de inundação. Esse zoneamento pode ser utilizado para promover usos produtivos e menos sujeitos a danos, permitindo a manutenção de áreas de uso social.
Um exemplo recente foi a interdição da construção do condomínio Charme de Búzios que está situado exatamente em cima de um CAMINHO DAS ÁGUAS e sua proximidade da área da Barbuda é uma prova, pois esta área inunda gerando imensos prejuizos para os moradores locais que vêem seus imóveis sendo desvalorizados a cada dia, tendo por outro lado todo ano aumento em seus IPTUs.
Apesar da prefeitura de Búzios ter ciência que é necessário fazer o estudo de impacto ambiental para que esse tipo de problema não ocorra, insiste em liberar Habite-se de forma irregular através de seus secretários e com o aval do prefeito. Outro exemplo aberrante é o lugar escolhido pela câmara de vereadoes para o Corpo de Bombeiros da cidade, o terreno fica também em um Caminho das Águas e isso sem contar a localização em si para a essa corporação que é um caso à parte.
O descaso da administração local, drenagens inadequadas, obstruções ao escoamento e o assoreamento das galerias " pluviais " ( sim, coloco entre aspas porque a grande maioria tem esgoto clandestino, e por mais que seja denunciado á prefeitura, essa mesma não faz nada ) levam diversas familias ao prejuizo e desespero.
Agentes públicos despreparados, incompetentes e usando dinheiro público para comprar TVs de plasma enormes para mostrar suas " maravilhas ". O resultado das suas maravilhas está aí, prejuizo para várias familias pagantes de impostos que se vêem flageladas como no ocorrido da quinta feira última.
Exemplos de outras cidades não faltam. A tragédia na Serra onde vários laudos provam que milhares de construções foram feitas em área de risco, construções essas liberadas pelas suas respectivas prefeituras. Angra dos Reis também.
É a especulação imobiliária e suas " comissões " dando um grande DANE-SE para a vida alheia!

/
 
▲ TOPO ▲
© 2009 | Anjo Vadio em Búzios | Modificado por Marcia Bispo