img-feed img-feed-email

VULCAO CHILENO PREJUDICA TURISMO EM BUZIOS

Búzios sofre com as cinzas do vulcão chileno. Em uma cidade que vive de turismo e os visitantes não conseguem chegar, toda a rede hoteleira sente os reflexos.
“Nós estamos sentindo uma falta de 100 a 200 passageiros por dia em Búzios”, diz o presidente da Associação de Hotéis de Búzios, Thomas Weber.
Ao todo, 40% das reservas foram canceladas. Desde a semana passada, as agências de turismo têm dificuldade para reagendar os pacotes de viagem. “Transfer, serviços dentro das cidades que os passageiros contratam, que são serviços pré pagos”, conta a chefe do setor de operações Ana Cláudia Carvalho.
São consequências dos problemas causados pelo vulcão que entrou em erupção no Chile no último dia quatro. O que se diz na cidade é que a baixa temporada se transformou em baixíssima temporada. Nesta época, os chilenos e argentinos representam 90% dos turistas. Na região, todos os segmentos do comércio, assim como os restaurantes, foram afetados.
“É como se as cinzas estivessem aqui”, afirma o garçom Francisco Manoel Gonçalves.
“Nós estimamos a perda de US$ 100 mil de receita. Esse valor, em um período de baixa temporada, faz toda diferença”, lembra o diretor executivo do Convention Bureau de Búzios Isac Tillinger.
Os poucos que conseguiram aproveitar as férias na praia ainda não sabem quando vão voltar. As passagens de um casal argentino são para domingo, mas eles ainda não têm certeza se a data vai ser mantida.

Veja o video da materia: Búzios tambem sofre com as cinzas do vulcão chileno

Fonte: Bom Dia Brasil

/
 
▲ TOPO ▲
© 2009 | Anjo Vadio em Búzios | Modificado por Marcia Bispo